CONTADOR DE VISITAS




Google+ Followers

Seguidores

sexta-feira, 26 de junho de 2009

No silenciar as palavras.


Na luz você...

Na calmaria – o agito...
Na tortura – o movimento...
E no pensamento – a busca...

Invadindo o silenciar...
De tua alma ainda calma...

E no disfarce de um dia triste...
Temperei com mel...
A lagrima que de meus olhos rolou...

E hoje no despertar de um novo tempo...
Chove apenas uma chuva seca...
Anunciando um vendaval...
Que nem vem e nem vai...

Mas deixa um nó preso na garganta...
A sussurrar teu nome ao vento...
E eu pergunto...
Onde andas tu...
Anjo de meu silenciar ... Beijos

Nenhum comentário:

Postar um comentário