CONTADOR DE VISITAS




Google+ Followers

Seguidores

Poema ao acaso

Poema ao acaso

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Saudade de Ti


Saudade de Ti

Se é saudade
O que sinto de ti
Sinto dizer
É a saudade mais doida
Que um dia já senti

Se é saudade
O que sinto de ti
Sou obrigada a confessar
Ela tem me sufocado
Não consigo respirar

Se é saudade
O que sinto de ti
Ando até meio perdida
Como seguir vivendo
Se não te tenho por aqui

Se é saudade
O que sinto de ti
Concordo com os poetas
Saudade é a maior dor
Que alguém pode sentir

Nenhum comentário:

Postar um comentário