CONTADOR DE VISITAS




Google+ Followers

Seguidores

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Ser poeta




Ser poeta é sentir o aroma
Da flôr a enlevar seus sentimentos...
É sentir uma gota de luz a iluminar
Os seus pensamentos...

É meditar e transcender ao cosmo
Infinito buscando inspiração
Para o belo versejar de seus poemas
Falando de sentimentos que tocam ao coração...

É falar da dor e do pranto...
Do desespero e da esperança...
Do acalento e do acalanto...
Do amor e temperança...

É sentir no peito amor profundo
Mantendo acesa a chama da amizade
Distribuindo ternura pelo mundo
Na mais plena e pura simplicidade...

Ser poeta é amar a natureza
Criação divina de primeira grandeza
Ouvir o encanto do canto do rouxinol
Vindo do arrebol...

Ser poeta é ser tocado pela música suave
A embalar seus sonhos em noite de luar...
É sentir o espírito leve no ar
Como as espumas no mar.

Ser poeta é sobretudo acreditar
Na luz divina que ilumina o seu caminho
Na ponta da pena a abençoar
A sua sensível alma de passarinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário