CONTADOR DE VISITAS




Google+ Followers

Seguidores

Poema ao acaso

Poema ao acaso

quarta-feira, 1 de julho de 2009

ओ सोम दो अमोर !






“Não esperava, nem sabia
Que ainda poderia
Ao som do Amor dançar

É... O Amor tem sons!

E quando juntos estamos
Nota por nota, em sintonia,
Ao som do Amor amamos....

A Jóia é sempre rara
Chuvas são de prata
O Sol é ouro - eu juro!
Sempre que estamos juntos...

Melodia que cantamos
Sem qualquer palavra falar...
E dançamos
Ao som do Amor no ar...

É... O Amor tem sons!
E quão suaves são....

Nenhum comentário:

Postar um comentário