CONTADOR DE VISITAS




Google+ Followers

Seguidores

Poema ao acaso

Poema ao acaso

sexta-feira, 17 de julho de 2009

EU NÃO SEI...


EU NÃO SEI...

Eu não sei se o tempo
passou rápido o meu viver...
Eu não sei se foi forte o vento
ou eu fiquei rígida
tentando não sofrer...
Eu não sei se quero cantar
o que passou, o que vai chegar...
Eu nem sei se ainda quero amar (sempre)
E o tempo presente comemorar...
Eu não sei se foram muitas voltas
ou foram cambalhotas
e se nós resistimos...

Nem mesmo sei o que vou saber...
Se vamos melhorar...mas não desistimos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário